Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > Últimas Notícias > Abertura do ConInterEPT ocorreu na noite de 27 de novembro
Início do conteúdo da página
Notícias

Abertura do ConInterEPT ocorreu na noite de 27 de novembro

Cerimônia foi realizada em Uberaba e contou com a presença de autoridades, alunos e servidores dos campi e reitoria

  • Por IFTM Reitoria
  • Publicado em 28/11/2017 às 11:45
  • Última modificação 28/11/2017 às 15:17
Cerimônia de abertura do ConInterEPT
Cerimônia de abertura do ConInterEPT
Crédito: Diretoria de Comunicação Social e Eventos do IFTM

Aconteceu, na noite do dia 27 de novembro, a abertura do Congresso de Internacionalização e Educação Profissional e Tecnológica (ConInterEPT) organizado pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Triângulo Mineiro (IFTM) no Campus Avançado Uberaba Parque Tecnológico em Uberaba.

Participaram da cerimônia o reitor da instituição, Prof. Dr. Roberto Gil Rodrigues Almeida; pró-reitores, diretores gerais de campi e diretores e coordenadores de áreas do IFTM; além de reitores de outros Institutos Federais; e representantes de diversos países como Colômbia, Estados Unidos, França, Irlanda, Haiti, Moçambique e Portugal.

O diretor geral do Campus Avançado Uberaba Parque Tecnológico, Frederico Renato Gomes, deu as boas-vindas aos participantes e autoridades e desejou que todos tivessem um ótimo congresso e que se sentissem em casa.

Em seu pronunciamento, o reitor Roberto Gil destacou que “se nós queremos avançar, nós temos que fazer parcerias. Temos que buscar as outras pessoas e para nós conseguirmos isso, temos também que doar parte de nós. Essa é a ideia que quero deixar para todos vocês. É preciso haver mútua cooperação entre todos. Esse evento é prova viva disso.”

Em seguida, o reitor assinou resolução que cria a incubadora de empresas “Mébius”, gerida pelo IFTM, e também aprovou seu regulamento de funcionamento.

A conferência de abertura ocorreu logo após, com o tema “Do passado ao futuro: a evolução da Educação Profissional e Tecnológica sob a perspectiva histórica e de internacionalização”. Participaram a Profª. Drª. Maria Beatriz Loureiro de Oliveira, da Universidade Estadual Paulista (UNESP – Campus Araraquara); o Prof. Dr. Carlos Ramos, do Instituto Politécnico do Porto (IPP – Portugal); o Prof. Dr. Eurípedes Ronaldo Ananias Ferreira, pró-reitor de Extensão Tecnológica do IFTM; e a Profª. Msª. Juliana Vilela Alves Pacheco, Coordenadora do Centro de Idiomas e Relações Internacionais do IFTM.

Em sua fala, a Profª. Drª. Maria Beatriz defendeu que a juventude tem que se preparar para oferecer trabalho. “Emprego não haverá, trabalho, sim. E por isso é preciso se qualificar. As escolas precisam formar sujeitos autônomos, e o ensino deve levar os alunos a interpretar as diversas linguagens, para que eles possam fazer suas escolhas. O nosso papel enquanto educadores é superar a super-deseducação. É preciso uma mudança profunda no modo de pensar e de agir das pessoas, buscar a liberdade através do saber”.

O pró-reitor Eurípedes Ronaldo destacou a história do IFTM e sua evolução. “O IFTM não é apenas uma escola. É um projeto de nação soberana. Uma estratégia de desenvolvimento social e econômico para o nosso país”. Falou sobre felicidade, ressaltando que somos os responsáveis pela construção de nossos caminhos. Finalizou dizendo que “a pauta do ConInterEPT é formar seres humanos. Por isso, estamos aqui nesses três dias”.

Juliana Vilela abordou a evolução da Internacionalização, que hoje vem sendo vista como o quarto pilar das instituições educacionais, junto ao Ensino, Pesquisa e Extensão, sendo que esses quatro pilares devem estar alinhados. “A Internacionalização tem que ser uma estratégica institucional. Estamos caminhando para isso”. Anunciou que em 2018, o IFTM oferecerá boas oportunidades para os alunos quanto a intercâmbios.

Encerrando a conferência, o palestrante Carlos Ramos falou sobre a relação entre o IFTM e o Instituto Politécnico do Porto. “É uma relação que está dando muito certo. Temos parcerias em projetos de pesquisa, mobilidade acadêmica de alunos e professores, enfim, uma amplitude de iniciativas ocorrendo entre o IPP e os Institutos Federais. Agora estamos com o projeto La Passion, que é um projeto de transferência de boas práticas desenvolvidas em contexto europeu para a América Latina”.

Durante a abertura do ConInterEPT, funcionaram também stands de várias instituições promovedoras de intercâmbios, como a Education USA, AFS Intercultura Brasil, AIESEC, entre outras. Os alunos receberam mais informações sobre o assunto e puderam estreitar relações com esses representantes.

Para Ana Paula Castro, gerente de Desenvolvimento de Programas da AFS Intercultura Brasil, “Os Institutos Federais (IFs) são muito importantes para nós. Fechamos um acordo com o IFTM há mais de dois anos. Estamos presentes em pelo menos 25 IFs no Brasil. Entedemos  que essas instituições têm também a missão de proporcionar o encontro entre países. O ConInterEPT representa, para nós, mais uma possibilidade de estreitar relações e parcerias”.

Em entrevista, Celso Antônio Borges Júnior, estudante do terceiro ano do Ensino Médio Integrado em Logística, do Campus Patos de Minas, disse que ficou muito surpreso com a grandiosidade do ConInterEPT. “É um evento que está reunindo diversos países, possibilitando aos alunos interação com outras nações e culturas. Minha expectativa para o evento é grande, pois a programação tem diversas atividades simultâneas que falam, por exemplo, sobre internacionalização, que trazem órgãos internacionais para falar sobre o cidadão global no século da tecnologia e da globalização”.

A noite foi encerrada com apresentação cultural do grupo de teatro “Re-Atalhos”, formado pelos alunos do Campus Uberlândia Centro e do Campus Uberaba.

Mais informações sobre o ConInterEPT: http://www.iftm.edu.br/coninterept/

Fotos: https://business.facebook.com/iftmoficial/


Fim do conteúdo da página