Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > Últimas Notícias > IFTM realizou o 2º ConPITec
Início do conteúdo da página
Notícias

IFTM realizou o 2º ConPITec

Congresso reuniu estudantes, professores e interessados de 27 a 29 de setembro nos campi do IFTM em Uberaba e Uberlândia

  • Por IFTM Reitoria
  • Publicado em 01/10/2018 às 00:00
  • Última modificação 05/10/2018 às 13:42
IFTM realizou o 2º ConPITec
IFTM realizou o 2º ConPITec
Crédito: Diretoria de Comunicação Social e Eventos do IFTM - DCSE

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Triângulo Mineiro (IFTM) realizou, de 27 a 29 de setembro, a segunda edição do Congresso de Pesquisa e Inovação Tecnológica (2º ConPITec) nas cidades de Uberaba e Uberlândia com o objetivo de divulgar os resultados das pesquisas realizadas por docentes e discentes do IFTM e de outras Instituições de Ensino Superior (IES) e de estimular a troca de experiências.

Estiveram reunidos estudantes, professores, convidados e demais interessados para apresentação de trabalhos, palestras, mesas-redondas e diversas outras atividades nas áreas de Ciências Humanas e Sociais, Ciências Agrárias e Ciências Exatas e da Terra. O evento foi gratuito e aberto à comunidade externa.

Compuseram a programação do 2º ConPITec, o V Simpósio de Pós-graduação (SIMPÓS), o VIII Seminário de Iniciação Científica e Inovação Tecnológica do IFTM (SIN), e o II Seminário de Pesquisa e Inovação Tecnológica (SePIT).

A abertura oficial do evento ocorreu no dia 27 de setembro no auditório do IFTM Campus Avançado Uberaba Parque Tecnológico – Unidade I – e contou com a presença de pró-reitores, diretores-gerais de campi, dentre outras autoridades da instituição, além de docentes e discentes. Também estiveram presentes membros do Comitê Externo do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Durante a abertura, o Prof. Dr. Eurípedes Ronaldo Ananias Ferreira, pró-reitor de Extensão Tecnológica do IFTM e representante do reitor na cerimônia, destacou a importância da pesquisa e da inovação nas instituições de ensino, especialmente no IFTM, e reforçou a necessidade de participação dos alunos nesse tipo de evento como o ConPITec.

O pró-reitor de Pesquisa, Pós-graduação e Inovação do IFTM, Prof. Dr. Humberto Marcondes Estevam, aproveitou a oportunidade para agradecer a todos os envolvidos na realização do Congresso. Frisou que ele só ocorreu devido ao envolvimento de servidores da reitoria e dos campi.

Para a aluna Ana Clara Balbina Silva, aluna do curso de Especialização em Gestão Ambiental do IFTM Campus Uberaba e participante do V SIMPÓS, a experiência de apresentar seu projeto de pesquisa nas comunicações orais do Simpósio de Pós-graduação é muito válida. “Desde que entrei no IFTM, a instituição sempre me proporcionou experiências incríveis. Amadureci como estudante. Participei do SIN com projeto de iniciação científica na graduação e hoje estou tendo a experiência no SIMPÓS. Isso para a minha vida acadêmica é muito importante, pois proporciona a formação de um profissional com diferenciação”.

Ana Clara também comentou um pouco sobre sua pesquisa, que abordou o gerenciamento de resíduos laboratoriais do IFTM. “Nos meus projetos, eu sempre procuro fazer estudos de caso do IFTM, porque é uma forma de retribuir por tudo o que a instituição fez por mim. O objetivo do meu trabalho, então, é fazer um diagnóstico da situação atual do gerenciamento dos resíduos dos nossos laboratórios para ver se está tudo conforme a legislação e, em cima disso, também ajudar a melhorar e otimizar os procedimentos”.

O aluno João Victor Silva Bernardes, do sexto período de Engenharia Agronômica do IFTM Campus Uberaba, participou do II SePIT e relatou que foi a primeira vez que participou de um evento como esse. “A gente aproveitou a oportunidade e pegou diversos trabalhos para apresentar, pois era possível apresentar mais de um. Como foi um evento em casa, na cidade de Uberaba, e gratuito, era uma excelente oportunidade de estar publicando os trabalhos em anais como se fossem em outros congressos, que são pagos, e têm o mesmo peso na hora de concorrer a uma vaga de mestrado ou doutorado”.



Assunto(s):
Fim do conteúdo da página