Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > Últimas Notícias > Reitor do IFTM participa da 94ª Reunião do Conif
Início do conteúdo da página
Notícias

Reitor do IFTM participa da 94ª Reunião do Conif

Cerca de 50 dirigentes da rede federal estão em Maceió

  • Por IFTM Reitoria
  • Publicado em 10/04/2019 às 14:59
  • Última modificação 15/04/2019 às 10:20
Dirigentes da rede federal participantes da 94ª reunião Conif
Dirigentes da rede federal participantes da 94ª reunião Conif
Crédito: Assessoria de Comunicação do Instituto Federal de Alagoas (Ifal)

Nessa terça-feira, 9/4, o primeiro dia da 94ª Reunião Ordinária do Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif), no Instituto Federal de Alagoas (Ifal), em Maceió, coincidiu com a data da posse do novo ministro da Educação, Abraham Weintraub. O cenário de mudança no MEC, as preocupações com o andamento das ações da pasta e as perspectivas concernentes à nova gestão tornaram as discussões mais urgentes e relevantes.

Diante do contexto, o presidente do Conif, Jerônimo Rodrigues da Silva, afirmou que o Conselho solicitará uma audiência com o ministro empossado, assim como ocorreu com o professor Ricardo Vélez. Jerônimo pretende apresentar a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica e suas potencialidades e, dessa forma, defender as prioridades das instituições para os próximos quatro anos.

“A pauta básica serão as mudanças desses últimos três meses no que diz respeito aos decretos que impactam diretamente a Rede Federal, como os relativos à extinção de cargos e funções, ao contingenciamento e aos Termos de Execução Descentralizada”, declarou.

Os gestores também discutiram questões relacionadas à Comunicação do Conif e receberam os representantes do MEC: Weber Tavares, coordenador-geral de Planejamento, Orçamento e Gestão da Rede Federal, Rodrigo Alves, diretor de Desenvolvimento da Rede Federal, Silvilene Souza, coordenadora-geral de Desenvolvimento de Pessoas da Rede Federal, e Daniel Ferraz, coordenador-geral de Infraestrutura e Inovação da Rede Federal.

Conif e Ifal - Esta é a quarta vez que o Instituto Federal de Alagoas sedia a reunião do Conif. O reitor do Ifal, Sérgio Teixeira, ressaltou a importância de a instituição reunir a diretoria e os conselheiros neste momento.

“É uma honra receber e acolher todos os gestores. Além de sediar a reunião neste período tão crucial para o Brasil, temos a oportunidade de mostrar nossa instituição. Cada instituto tem um potencial e nós também temos. É essencial debatermos o cenário atual do País e a situação da Rede Federal”, disse.

De acordo com a Plataforma Nilo Peçanha, a Rede possui cerca de um milhão de estudantes matriculados (dados referentes a 2018). Em Alagoas, o Ifal conta com cerca de 21 mil estudantes e quase dois mil servidores.

Para o presidente do Conif, os 38 institutos federais, os dois centros federais de educação tecnológica e o Colégio Pedro II comprovam que a Educação Profissional está presente em todos os estados brasileiros, incluindo locais que não eram atendidos com educação de qualidade. “Nós podemos formar cidadãos que são indutores do desenvolvimento regional. Então, o Governo que pensa na questão do desenvolvimento do Brasil, tem que pensar na Educação e, principalmente, na Educação Profissional”, acrescentou.

Para o reitor eleito do Ifal, Carlos Guedes, que assumirá a gestão entre 2019-2023, as discussões do Conif em Alagoas ocorrem em um presente primordial para o Colégio de Dirigentes da Rede Federal.

“É uma ocasião de troca de experiências, mas também de busca conjunta de soluções para os desafios da Rede Federal, tanto do ponto de vista do orçamento, mas, principalmente, do ensino. Em todas as áreas são discutidos temas que angustiam os dirigentes de todos os institutos. A conversa com outros reitores, buscando soluções para os problemas que alguns institutos já tenham resolvido e que nos angustiam aqui, é necessária para que a gente possa consolidar ações, crescer de forma conjunta e trabalhar em rede, que é nosso objetivo”, completou.

Apresentação cultural - A Camerata Jovem do Ifal, projeto de Extensão em Música do Núcleo de Cultura do campus Maceió, abriu a reunião. O grupo é resultado da iniciativa ArtIfal que, desde 2011, trabalha com a formação inicial de jovens instrumentistas no âmbito da música erudita. A Camerata conta com a regência do maestro Almir Medeiros e é formada por 20 integrantes entre estudantes, monitores e colaboradores.

Com informação da Assessoria de Comunicação do Instituto Federal de Alagoas (Ifal)

Bárbara Bomfim

Assessoria de Comunicação

Fonte: Assessoria Conif



Assunto(s):
Fim do conteúdo da página