Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > IFTM Campus Uberaba > Últimas Notícias > Incêndio afetou 220 hectares do Campus Uberaba
Início do conteúdo da página
Notícias

Incêndio afetou 220 hectares do Campus Uberaba

Ocorrido em 13 de setembro, o fogo foi controlado, mas causou danos

  • Por IFTM Campus Uberaba
  • Publicado em 15/09/2020 às 18:37
  • Última modificação 15/09/2020 às 19:07
Fotomontagem. Incêndio no Campus Uberaba, ocorrido em 13 de setembro de 2020
Fotomontagem. Incêndio no Campus Uberaba, ocorrido em 13 de setembro de 2020
Crédito: Campus Uberaba

No dia 13 de setembro, domingo, por volta das 13h, aconteceu um incêndio de grandes proporções no IFTM Campus Uberaba. Não ocorreram danos a pessoas ou animais domésticos, entretanto o prejuízo ambiental foi enorme. O fogo destruiu áreas de preservação permanente (APP), reserva legal próxima ao Córrego Lanoso, corredor ecológico e áreas de reflorestamento. Animais silvestres ficaram sem abrigo e, provavelmente, muitos morreram queimados. 

Praticamente todo o setor de fruticultura do campus foi queimado: mangueiras, goiabeiras, bananeiras, coqueiros e videira pereceram. Também foram destruídos tanques de armazenamento de água e sombrites. O fogo queimou a palhada sobre o solo das áreas de pesquisa desenvolvidas por professores e estudantes da instituição. Além disso, parte da área de agricultura do pivô também ficou danificada.

No setor de bovinocultura, vários quilômetros de cerca foram destruídos, as pastagens do setor (colonião, braquiarão, palhada do milho rotacionado com braquiária, massai, metade do rotacionado do CPG e cascalheira) foram queimadas. Infelizmente, a alimentação do rebanho, que já estava comprometida devido ao prolongado período de estiagem, está em estado alarmante.

Segundo a Coordenação Geral de Pesquisa, Pós-graduação e Produção (CGPPGP), estima-se que foram afetados 220 hectares do Campus Uberaba, que possui um total de 472 hectares. Esse é o incêndio de maior impacto ocorrido na história de nossa instituição, destruindo não só anos de pesquisa de alguns locais, como o patrimônio genético das áreas de conservação e reflorestamento.

A Direção Geral do Campus Uberaba lamenta o ocorrido, segundo o professor Luis Fernando Santana, diretor geral, “temos visto que os incêndios estão consumindo diferentes áreas do Brasil e do mundo, muitas vezes com resultados devastadores”.

“Agradeço encarecidamente a todos servidores e colaboradores terceirizados, além dos oficiais do Corpo de Bombeiros, que se empenharam em apagar as chamas. Apesar da grande destruição causada em nossa instituição, os prejuízos materiais se minimizam diante das outras possíveis consequências que poderiam ter ocorrido", finaliza o diretor.



Assunto(s):
Fim do conteúdo da página