Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > IFTM Campus Ituiutaba > Últimas Notícias > Trabalho desenvolvido com participação de grupo de pesquisa do IFTM é premiado no VI Simpósio Mineiro de Ciência do Solo
Início do conteúdo da página
Notícias

Trabalho desenvolvido com participação de grupo de pesquisa do IFTM é premiado no VI Simpósio Mineiro de Ciência do Solo

Pesquisa realizada em parceria com pesquisadores da UFU estudou fertilizantes organominerais no crescimento do milho

  • Por IFTM Campus Ituiutaba
  • Publicado em 16/07/2021 às 12:00
  • Última modificação 23/07/2021 às 13:40
Foto: Experimento do milho
Foto: Experimento do milho
Crédito: Professor Júlio Cesar Delvaux

O trabalho "Fertilizantes organominerais como fontes sustentáveis no crescimento inicial do milho" recebeu o prêmio Destaque na categoria Fertilidade do Solo e Nutrição de Plantas, do VI Simpósio Mineiro de Ciência do Solo, realizado entre os dias 08 e 10 de junho pela Universidade Federal de Viçosa. Coordenado pelo professor Reginaldo de Camargo, da Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e apresentado pela estudante de doutorado Raquel Pinheiro da Mota do Programa de Pós-Graduação em Agronomia da UFU, o trabalho contou com a participação do professor Júlio Cesar Delvaux, do IFTM Campus Ituiutaba.

A pesquisa avaliou o efeito de diferentes fontes de composto orgânico utilizados na produção de fertilizantes organominerais e a eficiência destes no fornecimento de nutrientes para o crescimento inicial de plantas de milho quando utilizados em substituição aos fertilizantes de base exclusivamente minerais. O estudo, que também tem como autores Miguel Henrique Rosa Franco, Márcio Henrique Cordeiro Baio e Júlio Eduardo Santana Maia, pode ser acessado nos anais do evento.

Segundo o professor Júlio Delvaux, a necessidade de conversão dos sistemas agrícolas atuais para sistemas ambientalmente sustentáveis tem desafiado a indústria de insumos agrícolas a desenvolver novas tecnologias, principalmente aquelas direcionadas à nutrição de plantas. “Nesse cenário, o Grupo de Pesquisas em Ecologia Microbiana do IFTM em parceria com o Grupo de Pesquisas em Fertilizantes Especiais da UFU, tem direcionado esforços no desenvolvimento de novos fertilizantes capazes de promover a substituição de aportes de fertilizantes puramente minerais por fertilizantes amigos do ambiente, como os organominerais”, afirma o professor.

Ainda segundo Delvaux, esses fertilizantes permitem o revestimento do fertilizante mineral por uma matriz orgânica, que permite a liberação controlada dos nutrientes, o aporte de carbono orgânico ao solo e, principalmente, menor impacto dos fertilizantes minerais sobre a biota do solo. Na parceria com a UFU, o Grupo de Pesquisas em Ecologia Microbiana do IFTM é responsável pela elaboração de estratégias que permitam verificar o impacto destas novas tecnologias de fertilizantes sobre a qualidade biológica do solo.

“Nesse trabalho, por exemplo, após a verificação da eficiência agronômica do produto, serão iniciados os ensaios de estudo do impacto do fertilizante sobre a comunidade microbiana do solo”, completa o professor Júlio Delvaux.


Sobre o Simpósio

O Simpósio Mineiro de Ciência do Solo (SMCS) tem o propósito de constituir um fórum com periodicidade regular para a análise e reflexão do conhecimento atual e de suas aplicações e das demandas futuras da sociedade no âmbito desta Ciência.

Chegando à sua 6ª edição, abordou o tema “Matéria Orgânica do Solo: Avanços e Desafios”, com objetivo oferecer ao público uma abordagem multidisciplinar de diferentes áreas da Ciência do Solo, dando ênfase às diferentes faces do estudo acerca da matéria orgânica do solo.

Fonte: https://smcs.ufv.br/apresentacao/

 

 



Fim do conteúdo da página