Ir direto para menu de acessibilidade.

Perfil do egresso

O perfil do profissional Tecnólogo em Alimentos consiste em planejar, elaborar, gerenciar e manter os processos relacionados ao beneficiamento, industrialização, conservação, armazenamento e controle de qualidade da matéria-prima, processos e produtos acabados. Este profissional ainda supervisiona as várias fases dos processos de industrialização dos alimentos,desenvolve novos produtos, monitora o funcionamento dos equipamentos, coordena programas, pesquisas e trabalhos nas áreas de conservação, controle de qualidade e otimização dos processos industriais do setor na perspectiva de viabilidade econômica, social e ambiental.

O Tecnólogo em Alimentos desenvolverá, no processo de formação, as seguintes competências e habilidades:

  • Planejar, executar e supervisionar de forma sustentável o processo de industrialização de alimentos, conhecendo as etapas e parâmetros de processo;
  • Supervisionar, orientar e controlar desde a seleção das matérias-primas até o produto acabado;
  • Conhecer as diferentes operações unitárias e equipamentos envolvidos nos processos de industrialização de alimentos, sabendo intervir na otimização dos processos e dos produtos;
  • Desenvolver e/ou adaptar tecnologias visando a produtividade e competitividade com responsabilidade social e ambiental;
  • Desenvolver novos produtos e processos em consonância com a legislação vigente;
  • Elaborar, aplicar e monitorar programas de controle de qualidade para garantir que os alimentos produzidos sejam seguros do ponto de vista químico, físico e microbiológico;
  • Planejar, executar e controlar a qualidade nutricional, físico-química, microbiológica e sensorial da matéria-prima, insumos, produtos e processos da indústria de alimentos;
  • Acompanhar, controlar e supervisionar os processos de higienização na indústria de alimentos;
  • Aplicar os processos físicos, químicos, bioquímicos e microbiológicos inerentes à tecnologia em alimentos;
  • Aprimorar com técnica e tecnologia a área de alimentos, assumindo ação empreendedora em pesquisa e inovação, com consciência de seu papel social;
  • Aplicar métodos e técnicas que garantam a conservação dos produtos alimentícios;
  • Prestar serviços de assistência, assessoria e consultoria técnica na área de tecnologia em alimentos;
  • Assessorar na elaboração e execução de projetos na área de tecnologia em alimentos.