Ir direto para menu de acessibilidade.

Perfil do egresso

O Técnico em Internet das Coisas é o profissional que analisa, projeta e realiza manutenções em sistemas voltados para IoT. Constrói, desenvolve programas para computadores e outros dispositivos computacionais como, por exemplo, aparelhos celulares e tablets, visando a automação de processos relativos às tecnologias, documentando, realizando testes e mantendo sistemas de informação. Em seu trabalho desenvolve a produção de software integrando os processos administrativos, comerciais, hospitalares, industriais, rurais, de automação residencial, industrial, agropecuária e de serviços, desenvolvendo soluções e manutenções em IoT.

Tendo em vista o desenvolvimento de uma formação diversificada no curso, incluindo o desenvolvimento de habilidades gerais importantes para a vida em sociedade, mormente aquelas de caráter mais humanista, o estudante egresso terá amplas condições para exercer o seu ofício com eficiência e eficácia, assim como para seguir seus estudos em outros processos formativos, dando continuidade aos seus estudos acadêmicos no ensino superior e na pós-graduação.

Profissionalmente, o egresso poderá atuar em empresas de desenvolvimento de sistemas para IoT, atividades econômicas e produtivas em geral que aplicam conceitos da Indústria 4.0, empresas de consultoria, empresas de telecomunicações, empresas de automação industrial, empresas de prestação de serviços, empresas de desenvolvimento de software, centros de pesquisa com foco em infraestrutura de conectividade e interoperabilidade de sistemas, escolas e universidades, empresas públicas, laboratórios de controle de qualidade, etc.

Como continuidade do processo formativo, o egresso poderá fazer especialização técnica em desenvolvimento de aplicações para dispositivos móveis, especialização técnica em Internet das Coisas, especialização técnica em programação e operação de máquinas CNC, especialização técnica em sistemas supervisórios, especialização técnica em conectividade e interoperabilidade de sistemas. E academicamente, o egresso estará apto a ingressar em curso superior de tecnologia em gestão de tecnologia da informação, curso superior de tecnologia em sistemas para Internet, curso superior de tecnologia em automação industrial, curso superior de tecnologia em eletrônica industrial, curso superior de tecnologia em mecatrônica industrial, bacharelado em engenharia elétrica, bacharelado em engenharia eletrônica, bacharelado em engenharia mecatrônica, bacharelado em engenharia de automação, bacharelado em engenharia de controle e automação, bacharelado em engenharia de instrumentação, bacharelado em engenharia de manutenção eletrônica, bacharelado em ciências e tecnologia, bacharelado em ciência da computação, bacharelado em sistemas de informação, bacharelado em engenharia da computação, dentre outros.