Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > IFTM Campus Uberaba > Últimas Notícias > Professor do IFTM participa de Programa de Formação de Multiplicadores na Finlândia
Início do conteúdo da página
Notícias

Professor do IFTM participa de Programa de Formação de Multiplicadores na Finlândia

Bruno Garcês, docente da área de química do campus Uberaba, parte amanhã, 4 de agosto

  • Por IFTM Campus Uberaba
  • Publicado em 03/08/2017 às 13:27
  • Última modificação 03/08/2017 às 13:30
Grupo de Professores que participaram do VET - Professores para o Futuro em TAMK
Grupo de Professores que participaram do VET - Professores para o Futuro em TAMK
Crédito: Bruno Garcês

Bruno Pereira Garcês, professor de química do campus Uberaba, foi um dos vinte selecionados no Brasil para participar do  Finnish Train the Trainers (FiTT), um Programa que consiste na formação de multiplicadores para disseminação de conhecimentos adquiridos à Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica e a outras redes públicas de ensino a partir de experiências internacionais exitosas em Educação Profissional e Tecnológica (EPT).

 

Garcês, em 2015, participou do segundo grupo do Programa “Professores para o Futuro” e, juntamente com outros 102 professores da Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica, passou 5 meses em instituições educacionais finlandesas, Tampere University of Applied Sciences (TAMK) e Häme University of Applied Sciences (HAMK) para conhecer o modelo educacional da Finlândia, referência mundial em educação.

Para continuar a disseminação de conhecimentos, na busca pela construção de um modelo para a EPT brasileira, observando as necessidades reais do país e as boas interacionais e elaborando cursos nas modalidades semipresencial e em Educação a Distância (EaD), 20 professores foram selecionados para retornarem à Finlândia.

Em conversa com Garcês eles nos contou que “é muito gratificante poder continuar o trabalho de conscientização dos professores acerca das necessidades para o século XXI. Minha prática pedagógica mudou completamente depois que voltei da Finlândia em 2015. Agora, poder voltar e me tornar multiplicador oficial do programa me deixa muito feliz”.

“Já estou trabalhando com a socialização de conhecimentos construídos na Finlândia desde o momento que cheguei a este país, através de meu diário de aprendizagem. Ao voltar para o Brasil já ministrei mais de 25 palestras e oficinas em Minas Gerais, São Paulo e Mato Grosso, além da formação continuada de 64 professores na cidade de Confresa-MT. Também idealizei o "Educa Hoje", iniciativa para agregar profissionais que são apaixonados pela Educação e desejam compartilhar suas experiências com outras pessoas”, disse.

“No momento estou ofertando o curso "Aprendizagem Centrada nos Estudantes" para professores de Uberaba e região. São três turmas com 35 professores cada, todos buscando melhorar sua prática docente. Acredito que este novo momento na Finlândia irá me proporcionar muitos conhecimentos que serão aplicados diretamente em meus cursos, oficinas ou palestras. Tenho muito que agradecer ao diretor do campus Uberaba,  Rodrigo Afonso Leitão e ao reitor, Roberto Gil Rodrigues Almeida por apoiarem integralmente este projeto”, finaliza o professor.

Conheça um pouco das atividades do Programa

O programa irá acontecer em três etapas distintas.

Fase 1 – Agosto e Setembro de 2017

TAMK e HAMK treinarão 20 professores por um mês que serão capacitados para a utilização de novas metodologias e formação de multiplicadores;

Fase 2 – De Setembro de 2017 a Setembro de 2018

Cada professor treinado na Fase 1 deverá se comprometer a capacitar pelo menos 25 professores da Rede Federal em curso semipresencial para a formação de novos multiplicadores, envolvendo principalmente os professores que participaram de experiências internacionais apoiadas pela Secretaria de Educação Profissional do Ministério da Educação Setec/MEC na Finlândia, Canadá e Reino Unido. Este grupo de multiplicadores deverá construir um modelo para a EPT brasileira, observando as reais necessidades brasileiras e as boas práticas internacionais em EPT, e elaborar cursos nas modalidades semipresencial e EaD.

Fase 3 – A partir de Março de 2018

Pelo menos 500 multiplicadores ofertarão cursos para profissionais da educação da Rede Federal e demais redes públicas a partir do modelo para a EPT construído na Fase 2.

Saiba mais sobre o trabalho do professor.


Fim do conteúdo da página