Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > IFTM Campus Uberlândia Centro > Últimas Notícias > Guia da Faculdade avalia curso de Licenciatura em Computação com quatro estrelas
Início do conteúdo da página
Notícias

Guia da Faculdade avalia curso de Licenciatura em Computação com quatro estrelas

Entre os cursos de computação que oferecem licenciatura, pontuação é a mais alta

  • Por IFTM Campus Uberlândia Centro
  • Publicado em 20/10/2019 às 00:00
  • Última modificação 16/10/2019 às 16:37
Guia da Faculdade é iniciativa do Estadão
Guia da Faculdade é iniciativa do Estadão
Crédito: Divulgação

Estão disponíveis na internet os dados do Guia da Faculdade, criado pelo Estadão e a startup Quero Educação, que busca analisar 11 mil cursos superiores em todo o Brasil. O material apresenta boas notícias para o curso de Licenciatura em Computação, do Campus Uberlândia Centro, do Instituto Federal do Triângulo Mineiro (IFTM). A avaliação conquistada pelo curso no Guia foi de quatro estrelas.

Ao fazer uma busca por cursos de computação, o Guia retorna com 54 resultados. Desses, 34 oferecem o curso com a titulação Licenciatura. Entre os cursos que oferecem, portanto, Licenciatura em Computação, tal qual o Campus Udicentro, apenas seis possuem quatro estrelas. A escala de nota do Guia permite alcançar, no máximo, cinco estrelas e a nota de quatro estrelas é considerada muito boa.

Somente são avaliados cursos presenciais, que ofertam a titulação de Bacharelado ou Licenciatura e que tenham ao menos uma primeira turma com alunos já formados.

O Guia da Faculdade pode ser consultado por meio do link http://publicacoes.estadao.com.br/guia-da-faculdade.

Sobre a avaliação

O Guia da Faculdade utiliza uma metodologia conhecida, segundo os organizadores, como “avaliação por pares”. Todas as instituições de ensino superior cadastradas no Ministério da Educação são convidadas a participar e os coordenadores dos cursos recebem um questionário no qual apresentam as características da sua graduação em três aspectos: projeto pedagógico, corpo docente e infraestrutura.

Os dados coletados a partir dos questionários servem de base para os avaliadores do Guia. A equipe de avaliação é formada por seis mil coordenadores e professores do Ensino Superior brasileiro que se cadastraram para atuar como avaliadores do Guia de forma voluntária. Eles avaliam os cursos a partir dos três critérios apresentados acima.



Assunto(s):
Fim do conteúdo da página