Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > Últimas Notícias > Nota Oficial do IFTM sobre adiamento do Enem 2020
Início do conteúdo da página
Notícias

Nota Oficial do IFTM sobre adiamento do Enem 2020

Instituição posiciona-se em favor do adiamento do Exame a fim de se evitar prejuízos aos seus estudantes

  • Por IFTM Reitoria
  • Publicado em 13/05/2020 às 17:00
  • Última modificação 19/05/2020 às 10:23
Nota Oficial do IFTM em momento de pandemia de COVID-19
Nota Oficial do IFTM em momento de pandemia de COVID-19
Crédito: Divulgação

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Triângulo Mineiro (IFTM) torna público o seu posicionamento favorável ao adiamento da edição 2020 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) que, mesmo diante da situação de enfrentamento à pandemia de COVID-19 no Brasil, manteve seu cronograma original.

No dia 12 de maio, o Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif), do qual o IFTM faz parte, publicou em seu site, Nota Pública sobre o adiamento do Enem 2020, reforçando o pleito do Conselho junto ao Ministério da Educação (MEC) pelo adiamento de todas as etapas do referido exame deste ano em virtude da pandemia da COVID-19. O documento, que está em plena sintonia com o posicionamento do IFTM, apresenta argumentos que justificam o adiamento de todo o cronograma do Enem, a começar pelo período de inscrições, como forma de se evitar prejuízos aos estudantes brasileiros.

No IFTM, as aulas presenciais foram suspensas no dia 18 de março em todos os campi para promover o isolamento social e evitar a propagação do Novo Coronavírus. Foi implantado o Comitê de Assessoramento e Monitoramento de Crise (CAMC), órgão consultivo, de articulação e de assessoramento à reitora acerca de questões e situações decorrentes da referida pandemia. Além disso, desde então, gestores da instituição têm se reunido frequentemente para discutir adaptações necessárias e avaliar impactos das decisões tomadas.

As rotinas administrativas e as aulas foram mantidas de forma remota e os servidores, técnicos-administrativos e professores, têm atuado de maneira colaborativa e solidária para evitar que os estudantes tenham seu processo de ensino-aprendizagem totalmente interrompido. Muitas iniciativas positivas surgiram nesse período, mas a instituição reconhece que, mesmo com os esforços feitos, não se trata da situação ideal e a preparação de seus estudantes para o Enem pode ficar prejudicada.

Ressalta-se aqui que o posicionamento pelo adiamento do Enem 2020 é demonstrado também pela comunidade acadêmica da instituição. Desde o início da pandemia, o IFTM procura ser transparente a cada decisão, sempre buscando informar e incentivar a participação de alunos e servidores. No dia 5 de maio, iniciou-se o projeto Reitoria Itinerante, no qual gestores do Instituto dialogam com a comunidade acadêmica por meio de videoconferências e ouvem sugestões, críticas e opiniões. Nesses encontros, a preocupação com a realização do Enem tem sido evidenciada de forma frequente, sobretudo por parte dos alunos do Ensino Médio.

Vale lembrar, ainda, que o IFTM oferece o Ensino Médio Integrado ao Técnico em todos os seus campi e se consolidou nos últimos anos como uma instituição de referência no Enem. Nas cidades nas quais estão localizadas suas unidades, o Instituto sustenta a primeira posição no ranking de notas do Exame entre as escolas públicas e está nas primeiras posições também quando consideradas todas as escolas. Tal dado demonstra não só a qualidade do ensino ofertado, mas o grande interesse de seu corpo discente pelo Enem.

Reforça-se que não se trata de uma mera busca pela excelência, mas pela igualdade de condições. Nos campi do IFTM, a origem dos estudantes é diversificada, mas, uma vez alunos da instituição, todos têm acesso aos mesmos insumos e podem se preparar de forma mais igualitária para o Exame. Durante a suspensão das aulas, contudo, outros fatores podem interferir no processo de ensino-aprendizagem, tal como a inclusão digital, a impossibilidade de acessar livremente bibliotecas e a sobrecarga dos professores, que precisaram adaptar suas aulas repentinamente para outro canal de comunicação.

O IFTM tem buscado, com certo sucesso, soluções para minimizar impactos negativos da adoção de atividades e aulas remotas. Em recente pesquisa realizada com a comunidade acadêmica, verificou-se que, dentre os participantes, mais de 90% têm acesso à internet e podem acompanhar as atividades. Além disso, os dados demonstram que boa parte dos estudantes as considera satisfatórias e que a comunidade acadêmica tem tido, em sua maioria, condições de se adequar, ainda que minimamente, à rotina de funcionamento remoto da instituição.

O compromisso do IFTM jamais foi com o mínimo, mas sim com a oferta ampla de educação de qualidade, a qual se tornou notória desde a sua fundação e possibilitou que, em anos anteriores, muitos estudantes se preparassem para a continuidade dos estudos em cursos superiores. Assim, ainda que o IFTM conseguisse manter seu padrão de qualidade de ensino durante a suspensão das aulas presenciais, defender o adiamento do Enem 2020 é a alternativa mais plausível diante da conjectura atual.



Fim do conteúdo da página