Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > IFTM Campus Uberlândia Centro > Últimas Notícias > Campus Uberlândia Centro faz distribuição de kits de alimentação escolar para estudantes
Início do conteúdo da página
Notícias

Campus Uberlândia Centro faz distribuição de kits de alimentação escolar para estudantes

Entregas aconteceram nos últimos dois dias, com cuidados para evitar contaminação da Covid-19

  • Por IFTM Campus Uberlândia Centro
  • Publicado em 26/06/2020 às 17:00
  • Última modificação 26/06/2020 às 16:01
Kits entregues continham biscoitos, frutas, mel e achocolatado
Kits entregues continham biscoitos, frutas, mel e achocolatado
Crédito: Divulgação

A semana foi de muito trabalho no Campus Uberlândia Centro, do Instituto Federal do Triângulo Mineiro (IFTM), sobretudo para os servidores da Coordenação de Apoio ao Estuduante (CAE). Na quarta e quinta-feiras, foram entregues kits de alimentação escolar para estudantes que demonstraram, em pesquisa prévia, interesse em receber. Foram montados quase 100 kits, que continham 5kg de babana, 5kg de tangerina, 3kg de biscoito de polvilho, bolachas de leite e salgadas, achocolatados e mel.

A entrega dos kits aconteceu no hall do Campus Udicentro, que é bastante arejado, e uma das preocupações foi em garantir um processo que evitasse riscos de contaminação pela Covid-19. Os estudantes ou responsáveis entravam por uma porta e saíam pela outra, tinham que manter distância e higienizar as mãos. Além das entregas no Campus, que foram agendadas, outros 14 kits foram levados diretamente na casa daqueles estudantes que afirmaram não ter condições de se deslocar para receber.

“Foi uma semana de muito trabalho, que contou com a participação não apenas de servidores do CAE, mas de voluntários de outros setores do Campus. Foram duas semanas de planejamento, desde organizar o formulário de pesquisa, as comunicações e as planilhas de controle, até receber e organizar os alimentos que chegaram, montar os kits, planejar as entregas. Foi um trabalho grande, mas também muito gratificante. É preciso agradecer a todos que participaram”, afirma a Coordenadora do CAE, Luciana Araújo.

Estudantes e responsáveis que receberam os alimentos demonstraram bastante agradecimento para a equipe do Campus. Uma das mães que recebeu o kit em nome do seu filho fez questão de registrar seus elogios por e-mail, para toda equipe. “Que maravilha esse kit alimentação! Ficamos felizes e somos gratos. É muito lindo. Que Deus abençoe toda equipe do IFTM”, afirmou em sua mensagem.

Entregas em casa

“A maioria das entregas foi feita no Campus, mas 14 cestas foram entregues diretamente na casa de estudantes que moram mais longe. Dois carros saíram do Campus rumo a casa dos alunos e somando os dois veículos foram quase 100 quilômetros percorridos na cidade para conseguir entregar todos. Durante essas entregas, muitos estudantes relataram que, durante o período de aulas presenciais, tinham aque acordar de madrugada para chegar ao Campus a tempo. A servidora Raquel Barbosa Machado foi uma das que acompanhou a entrega em casa.

“Eu gostei muito do trabalho, pois gosto de conversar com alunos. Alguns estudantes pegam o ônibus 15 para as seis da manhã para chegar ao Campus e não conseguiriam mesmo buscar. Eu gostei muito da experiência, pois foi possível conhecer mais a realidade do aluno. Outra coisa que me chamou atenção, foi que as casas em que a gente foi tinham uma boa estrutura familiar, as famílias dão muita importância ao estudo e ao IFTM e também estão fazendo de tudo para se adaptarem a esse momento de isolamento”, afirmou a servidora.

 Recursos do PNAE

Os itens da alimentação escolar, que é oferecida aos estudantes do Ensino Médio Técnico, são adquiridos com recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), por meio do Programa Nacional da Alimentação Escolar (PNAE). No período de suspensão de aulas, a legislação ampara a distribuição dos alimentos diretamente para pais ou responsáveis de estudantes das escolas públicas de educação básica. A Lei 13.987, de 2020, afirma que a medida é excepional e vale em todo território nacional.



Assunto(s):
Fim do conteúdo da página