Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > IFTM Campus Uberlândia Centro > Últimas Notícias > Estudantes do Campus Udicentro conquistam menção honrosa em evento binacional de pesquisa
Início do conteúdo da página
Notícias

Estudantes do Campus Udicentro conquistam menção honrosa em evento binacional de pesquisa

Três trabalhos foram reconhecidos na 2ª Feira Binacional de Tecnologias, que aconteceu em novembro

  • Por IFTM Campus Uberlândia Centro
  • Publicado em 08/12/2020 às 00:00
  • Última modificação 08/12/2020 às 10:58
Foram premiados dois trabalhos de alunos do ensino médio integrado ao técnico e outro da graduação.
Foram premiados dois trabalhos de alunos do ensino médio integrado ao técnico e outro da graduação.
Crédito: Divulgação

O Campus Uberlândia Centro (Udicentro), do Instituto Federal do Triângulo Mineiro (IFTM), conquistou mais um importante resultado na área de pesquisa. Três trabalhos desenvolvidos no Campus foram premiados com menção honrosa na 2ª Feira Binacional de Ciência e Tecnologia, sendo dois de alunos do ensino médio integrado ao técnico e outro da graduação.

O primeiro trabalho é do estudante Gabriel Antonio Martins Vieira, intitulado “Angola Janga: um estudo sobre Zumbi dos Palmares na versão história em quadrinhos”. O estudante do 2º ano, do curso de Ensino Médio Integrado ao Técnico em Computação Gráfica, analisou a obra “Angola Janga: uma história de Palmares”, de Marcelo D’Salete. A obra narra a história de Palmares, quilombo que foi o centro de resistência do povo negro no período colonial.

Outro trabalho premiado foi desenvolvido pela estudante Camilly Eduarda Silveira Alves, com o título “Da pesquisa à extensão: a experiência de criação de uma oficina criativa”. A estudante estudou a origem das oficinas literárias, que surgiram nos anos de 1930 nos Estados Unidos e na década de 1960 no Brasil, e também fala sobre a experiência de troca de mensagens entre escritores mesmo antes da criação de oficinas.

Com essa bagagem, Camilly explica a proposta de montagem de uma oficina criativa ofertada no Campus Uberlândia Centro, por meio de um projeto de extensão no segundo semestre, que contou com a participação da estudante e Alice Rodrigues Coelho Fraga. O curso foi ofertado de forma online e contou com 40 participantes, incluindo uma moradora da cidade de São Felipe, em Cabo Verde.

“Sem dúvidas foi muito enriquecedor participar de um evento assim, em especial devido aos pareceres dos avaliadores, que me ajudaram a pensar melhor no que incluir ou não no meu relatório final. É sempre bom ter a ótica de outros leitores, assim como propomos na nossa pesquisa, para que possamos melhorar nossa escrita e ampliar nossa percepção total de um texto. Eu não imaginei que iria ganhar menção honrosa em uma feira tão grandiosa assim, foi muito bom, meu currículo Lattes agradece, mas, para além disso, ter participado valeu muito a pena”, avalia Camilly sobre a participação no evento.

Na graduação, o trabalho premiado foi “LOST IN TRANSLATION: Um estudo sobre a comunicação nas estratégias de marketing de empresas multinacionais”, desenvolvido por Eliza Cardoso, estudante do curso de Tecnologia em Marketing, do Campus Udicentro. O objetivo do trabalho é discutir como funcionam as questões de tradução e adaptações linguísticas em contexto organizacionais de empresas multinacionais. A explicação sobre o trabalho consta de um vídeo produzido pela Febitec, no qual Eliza dá mais detalhes sobre a pesquisa.

“Participar da Febitec foi a minha primeira experiência em eventos acadêmicos como autora. Acredito que algumas pessoas, assim como eu, vão trabalhando e às vezes não tem um feedback de um profissional, além claro do orientador(a), e essas novas visões são de muita ajuda para analisarmos se o caminho está conforme pensamos, se estamos indo na direção pretendida, e até ver novos ângulos dos temas abordados que acabamos não percebendo”, afirma Eliza. “Além de toda essa experiência única, receber a menção honrosa foi uma surpresa e uma de felicidade inexplicável, ver o meu trabalho valorizado e apreciado por tantos profissionais vale todo o esforço e dedicação”, conclui.

Para a professora Gyzely Lima, orientadora dos três trabalhos premiados, o reconhecimento reforça que a trajetória de pesquisa no Campus está na direção certa.

“O resultado dessa participação em um evento internacional como a Febitec me deixou, como orientadora, muito orgulhosa de ter recebeido esse reconhecimento, pois foi um evento muito concorrido em termos de participação. Esse resultado é uma forma de reconhecimento dos pares acadêmicos, um incentivo para continuar com esse percurso de pesquisa e os objetos de estudo, que ainda são pouco explorados. São objetos contemporâneos, atuais e que merecem a devida atenção de pesquisa”, afirma a professora.

Sobre a Febitc

A segunda edição da Feira Binacional de Tecnologia (Febitec) foi realizada por meio da parceria entre o IFSul e as instituições de ensino uruguaias UTU e UTEC. A feira reuniu trabalhos de alunos de instituições públicas e privadas, com o objetivo de estimular a troca de conhecimentos nos diferentes níveis e áreas de ensino.

A Febitec foi aberta a estudantes de ensino fundamental, médio (técnico, regular e da Educação de Jovens e Adultos) e superior (graduação e pós-graduação). Os trabalhos apresentados foram divididos em quatro áreas do conhecimento: Linguagens, Códigos e suas Tecnologias; Matemática e suas Tecnologias; Ciências da Natureza e suas Tecnologias; e Ciências Humanas e suas Tecnologias.

Em 2020, ao contrário do ano anterior, a Feira foi totalmente online, com inscrição e apresentação dos trabalhos realizados virtualmente. Os autores dos trabalhos selecionados enviaram vídeos de até 10 minutos apresentando seu trabalho, e estes vídeos foram postados no Canal da Febitec no YouTube. Foi a partir desse material que os trabalhos e a apresentação foram avaliadas pela comissão do evento e também pelo público geral.

Na Febitec, foram premiados os três trabalhos que tiveram a melhor avaliação da equipe avaliadora, em cada área do conhecimento, de cada modalidade. Também foram premiados, via Júri Popular, os trabalhos com maior número de likes no Youtube, por área de conhecimento e nível.

A cerimônia de premiação e o encerramento da feira foram transmitidos ao vivo no canal da Febitec no YouTube.



Assunto(s):
Fim do conteúdo da página