Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > IFTM Campus Avançado Uberaba Parque Tecnológico > Últimas Notícias > IFTM Campus Avançado Uberaba Parque Tecnológico entrega cestas básicas às famílias de alunos dos cursos técnicos
Início do conteúdo da página
Notícias

IFTM Campus Avançado Uberaba Parque Tecnológico entrega cestas básicas às famílias de alunos dos cursos técnicos

Produtos foram adquiridos com recursos do PNAE

  • Por IFTM Campus Avançado Uberaba Parque Tecnológico
  • Publicado em 04/02/2021 às 00:00
  • Última modificação 11/02/2021 às 17:40
Cestas básicas compradas com recurso do PNAE
Cestas básicas compradas com recurso do PNAE
Crédito: Divulgação

Cerca de 138 famílias de alunos dos cursos técnicos integrados ao ensino médio do Campus Avançado Uberaba Parque Tecnológico receberam cestas básicas na última semana de janeiro. Para que não houvesse aglomeração, os produtos foram entregues em dias diferentes de acordo com cada curso: Técnico em Computação Gráfica, Técnico em Eletrônica e Técnico em Manutenção e Suporte em Informática.

A aquisição das cestas básicas foi feita com recursos do PNAE – Programa Nacional de Alimentação Escolar que visa oferecer alimentação escolar e ações de educação alimentar e nutricional a estudantes de todas as etapas da educação básica pública. Esse recurso é repassado, mensalmente, pelo Governo Federal e é utilizado para compra de lanches que são oferecidos aos alunos do ensino médio durante o ano letivo.

A professora e coordenadora geral de ensino, pesquisa e extensão do campus, Daniela Resende Silva Orbolato, nos conta que: “durante esse tempo de pandemia nós percebemos que a crise econômica afetou a família de vários alunos. E, desde março, a gente vinha fazendo ações voluntárias de doações para as famílias que mais necessitavam”.  A professora ressalta ainda que poder utilizar o recurso da merenda escolar de forma tão positiva foi muito importante para os alunos e suas famílias.

No período de suspensão de aulas, a legislação ampara a distribuição dos alimentos diretamente para pais ou responsáveis de estudantes das escolas públicas de educação básica. A Lei 13.987, de 2020, afirma que a medida é excepcional e vale em todo território nacional. Assim, como no ano 2020 as aulas aconteceram de forma remota, o recurso, que ficou acumulado, pode ser utilizado para compra das cestas básicas que foram distribuídas às famílias selecionadas através de uma pesquisa de interesse feita previamente.



Fim do conteúdo da página