Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > Últimas Notícias > Promoção de educação antirracista é objetivo de projeto de extensão do IFTM
Início do conteúdo da página
Notícias

Promoção de educação antirracista é objetivo de projeto de extensão do IFTM

A partir de estudo de obras de autoria negra, projeto “Escurecendo o Pensamento” inicia em abril e segue até setembro

  • Por IFTM Reitoria
  • Publicado em 12/04/2021 às 10:00
  • Última modificação 16/04/2021 às 13:30
Projeto de Extensão do IFTM
Projeto de Extensão do IFTM "Escurecendo o Pensamento"
Crédito: Divulgação

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Triângulo Mineiro (IFTM), por meio da representação na Pró-reitoria de Ensino (Proen) de seus Grupos de Estudos Afro-brasileiros e Indígenas (NEABI), inicia o projeto de extensão “Escurecendo o Pensamento” com objetivo de promover educação antirracista por meio de implementação da lei nº 10639/2003, que estabelece diretrizes e bases da educação nacional, para incluir no currículo oficial da Rede de Ensino a obrigatoriedade da temática "História e Cultura Afro-Brasileira".

O projeto consiste em estudo e análise de obras de autoria negra. Capítulos pré-selecionados serão lidos pelos participantes, que se encontrarão quinzenal e virtualmente em fóruns de discussão pela plataforma Google Classroom. Posteriormente, para socialização das ideias discutidas, estudos abertos serão realizados bimestral ou trimestralmente pelo Google Meet.

Talita Lucas Belisário, presidente do NEABI do IFTM Campus Uberlândia e uma das idealizadoras do projeto, explica que o “Escurecendo o Pensamento” originou-se e foi estruturado dessa forma, pois é urgente entender que o modelo universal de ciência é branco, visto que quem possui o privilégio social possui também o privilégio epistêmico, “por isso a necessidade de escuta da produção intelectual narrada por pessoas negras”, destaca.

Assim, reforça a importância de participação de todos os segmentos da sociedade nos encontros, em especial de docentes, não só do IFTM, mas de todo o país, uma vez que são figuras centrais nos processos educacionais, necessitando de formação e aperfeiçoamento constantes.

Em uma terceira etapa, para maior divulgação das leituras e reflexões junto aos públicos, ocorrerão dois eventos de extensão com transmissão ao vivo pelo canal do IFTM no YouTube: “Desmistificando a Abolição”, no dia 13 de maio, e “A gosto do Negro”, ao longo do mês de agosto. Sobre eles, mais informações serão divulgadas posteriormente.

Além de servidores e estudantes do IFTM, comunidade externa também pôde se inscrever para participar das atividades do projeto, que são gratuitas. As inscrições ocorreram até dia 14 de abril e, devido à grande procura, foram ofertadas 70 vagas.

Para a professora do IFTM Campus Avançado Uberaba Parque Tecnológico, Márcia Moreira Custódio, também uma das idealizadoras do projeto , a execução do “Escurecendo o Pensamento” permitirá uma atuação em prol da formação ontológica do sujeito negro, de uma sociedade mais consciente a respeito do racismo estrutural, mais fundamentada epistemologicamente em relação às questões étnico-raciais e mais comprometida com a educação antirracista. 

“Esperamos que esse importante projeto de extensão do IFTM fortaleça servidores, estudantes e comunidade externa na consciência racial para formação de uma educação antirracista tanto na instituição quanto na sociedade de forma geral. Acreditamos ainda que esse trabalho irá elucidar que o conhecimento produzido pode ser plural, respeitando a diversidade, e não apenas eurocêntrico”.

O projeto “Escurecendo o Pensamento” terá duração inicial de 6 meses, com início em 16 de abril – primeiro fórum de discussão – e término em setembro, com previsão de ser estendido por mais 6 meses.  A participação é certificada e a carga horária total é de 60 horas, assim distribuídas: 4 horas quinzenais nos fóruns de discussão, totalizando 48 horas, e mais 12h nos eventos online citados acima.

Mais informações: neabi.udi@iftm.edu.br

Bibliografia do projeto de extensão “Escurecendo o Pensamento”

Memórias da plantação: episódios de racismo cotidiano (2019), de Grada Kilomba;

O avesso da pele (2020), de Jeferson Tenório;

Racismo estrutural (2019), de Silvio de Almeida;

Pequeno manual antirracista (2019), de Djamila Ribeiro;

Lugar de Fala (2019), de Djamila Ribeiro.



Assunto(s):
Fim do conteúdo da página