Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > Últimas Notícias > Programa Pontes Americanas conecta servidores da Rede Federal aos EUA
Início do conteúdo da página
Notícias

Programa Pontes Americanas conecta servidores da Rede Federal aos EUA

Programa foi lançado em 14 de abril pela Embaixada e Consulados dos Estados Unidos no Brasil e pelo Conif

  • Por IFTM Reitoria
  • Publicado em 14/04/2021 às 21:30
  • Última modificação 15/04/2021 às 10:34
Programa Pontes Americanas
Programa Pontes Americanas
Crédito: Divulgação

A Embaixada e Consulados dos Estados Unidos no Brasil e o Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif) lançaram, no dia 14 de abril, o programa Pontes Americanas - programa que tem por objetivo ampliar informações sobre o estudo nos Estados Unidos. Nessa data, o ministro-conselheiro da Missão dos EUA no Brasil, Douglas Koneff, e a presidente do Conif, Sônia Regina Fernandes, deram início ao programa de formação para mais de 1200 servidores da Rede Federal que poderão atuar como coordenadores. 

O programa vai estar presente em mais de 400 campi dos Institutos Federais, Cefet Minas Gerais e Rio de Janeiro e Colégio Pedro II, localizados em todos os estados brasileiros, conectando milhares de estudantes brasileiros aos EUA por meio de programas administrados pelo EducationUSA e Espaços Americanos. A iniciativa também oferecerá oportunidades de aprendizagem da língua inglesa, programas culturais, oportunidades de intercâmbio, como por exemplo, os programas Jovens Embaixadores, Jovens Líderes das Américas (YLAI) e outros recursos como o eLibraryUSA.

O Programa Pontes Americanas vai facilitar o acesso das instituições da Rede Federal aos centros de aconselhamento do EducationUSA e aos Espaços Americanos. “Essas instituições são fontes oficiais de informações e orientações sobre estudos nos EUA e estão espalhadas por todo o mundo'', destaca o ministro-conselheiro da Missão dos EUA no Brasil, Douglas Koneff.

De acordo com a presidente do Conif, Sônia Regina Fernandes, “nossa expectativa é ampliar a participação de estudantes e servidores da nossa Rede  em programas de bolsas e de formação e desenvolvimento institucional do governo dos EUA". Essa é uma importante estratégia para a formação multicultural de estudantes e servidores, completa Ana Carolina Oliveira, assessora de relações internacionais do Conif. Segundo o Diretor de Relações Internacionais e Interinstitucionais do IF Sudeste MG e Coordenador do Fórum de Assessores de Relações Internacionais do Conif, Daniel Augusto de Oliveira, “esse é um projeto fundamental para incrementar, por meio da internacionalização, o desenvolvimento profissional de nossos servidores e a oferta de educação integral aos nossos alunos, agentes de uma Rede tão diversa, inclusiva e transformadora”.

De acordo com Rita Moriconi, coordenadora Regional do EducationUSA para o Conesul, existem mais de 4.700 universidades a nível de graduação e 1700 universidades a nível de pós-graduação nos EUA. Os orientadores do EducationUSA vão ajudar os interessados a encontrar a universidade ideal e também vão oferecer informações sobre bolsas de estudos. As universidades norte-americanas estão de portas abertas para alunos brasileiros. Enquanto seguem os protocolos de segurança para conter a propagação do Coronavírus, as universidades americanas criam ações para identificar estudantes Brasileiros interessados em admissões para cursos à distância, ou para aulas futuras, em modelo presencial. Até que tudo se normalize, a melhor ideia é investir o tempo planejando todas as etapas para estudar nos Estados Unidos.

Assessoria de Comunicação do Conif

Fonte: https://portal.conif.org.br/br/component/content/article/84-ultimas-noticias/4168-programa-pontes-americanas-conectam-servidores-da-rede-federal-aos-eua?Itemid=609



Assunto(s):
Fim do conteúdo da página