Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > Últimas Notícias > 19 de abril: oportunidade de conscientização e reconhecimento da diversidade dos povos indígenas
Início do conteúdo da página
Notícias

19 de abril: oportunidade de conscientização e reconhecimento da diversidade dos povos indígenas

Comunidades indígenas: vulnerabilidades, diálogo e proposições é tema de Roda de Conversa online promovida pelo IFTM

  • Por IFTM Reitoria
  • Publicado em 15/04/2021 às 14:00
  • Última modificação 19/04/2021 às 13:21
19 de abril - Dia dos Povos Indígenas
19 de abril - Dia dos Povos Indígenas
Crédito: Divulgação

Muitas vezes ainda abordado de forma folclórica, o dia 19 de abril representa mais uma oportunidade e urgente necessidade de conscientização e de reconhecimento pela sociedade brasileira da diversidade dos povos indígenas de nosso país e de suas lutas por direitos, até então pouco ou quase nada assegurados pelo Estado.

Para muito além de comemorar, portanto, o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Triângulo Mineiro (IFTM) promove nova Roda de Conversa do projeto institucional Ciclo de Debates com o tema Comunidades indígenas: vulnerabilidades, diálogo e proposições no dia 19 de abril, às 14h, no seu canal do YouTube.

O evento conta com a participação de Edna Bezerra Pajeu (Edna Truka), Liderança do povo TRUKÁ Tapera no município de Orocó/PE, e de Darci Emiliano, Doutor em Educação Ambiental pela Universidade Federal do Rio Grande (FURG).

A Roda de Conversa é gratuita e aberta à comunidade acadêmica do IFTM e a toda sociedade. 

Rede Federal em reflexão às questões dos Povos Indígenas

Para ampliar reflexões e discussões acerca dos povos indígenas e também somar esforços nessa luta por reconhecimento de direitos, interessados ainda podem participar de diversas outras atividades gratuitas promovidas por instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica.

São algumas delas:

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Alagoas (IFAL) - I Abril Indígena

https://www2.ifal.edu.br/campus/arapiraca/noticias/ifal-arapiraca-vai-debater-lutas-desafios-e-resistencias-indigenas

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Catarinense (IFC) - Repensar o 19 de Abril: a questão indígena na atualidade

https://www.instagram.com/p/CN2GlJ2LF3e/

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Norte de Minas Gerais (IFNMG) - Vidas Indígenas Importam

https://www.instagram.com/p/CNai39kl9ky/

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP) - 2º Festival Arandu

https://www.even3.com.br/arandu2021/

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Sergipe (IFS)

http://ifs.edu.br/ultimas-noticias/279-destaque/9320-ifs-promove-palestra-on-line-o-indio-na-visao-do-indio

II Semana dELAS do IFTM

Ainda, no dia 10 de março de 2021, o IFTM promoveu a segunda edição do evento Semana dElas, na qual foram lembradas as conquistas femininas ao longo da história e trazidos à tona os graves problemas de gênero que persistem em todo o mundo. O evento teve a participação de Marília Põkwyj Ribeiro de Sousa Krahô, graduanda do curso de Engenharia Florestal pela Universidade Federal do Tocantins (UFT) Campus Gurupi e liderança indígena do povo krahô do Tocantins, que relatou, entre outros assuntos, as inúmeras dificuldades vivenciadas por ela e por indígenas em ambientes educacionais como universidades.

O evento pode ser assistido no canal do IFTM Campus Uberlândia no YouTube

Ciclo de Debates do IFTM

Atividade acadêmica que visa discutir temas contemporâneos interdisciplinares, atinentes à educação, à ética, à saúde, à política, à economia e outras áreas. A iniciativa, oriunda da Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (Proext) do IFTM, teve início no mês de março de 2021 com o intuito de promover encontros periódicos realizados por meio de webconferências abertas ao público em geral, para discutir temáticas atuais de interesse não só da comunidade do IFTM e regiões onde o instituto está presente, mas também do público externo, além da comunidade acadêmica, das mais variadas regiões do país. A atividade também prevê encontros de formação em extensão.

As webconferências ocorrem em meios virtuais como RNP, Google Meet e/ou YouTube, dependendo do quantitativo de pessoas interessadas, com duração de 30 a 60 minutos e perguntas ao vivo mediadas pela Proext.

Acompanhe a programação na página do Ciclo de Debates.



Assunto(s):
Fim do conteúdo da página