Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > Últimas Notícias > Análise preliminar da Pesquisa de Diagnóstico da Comunicação do IFTM traz interessantes aspectos dos processos comunicacionais
Início do conteúdo da página
Notícias

Análise preliminar da Pesquisa de Diagnóstico da Comunicação do IFTM traz interessantes aspectos dos processos comunicacionais

Além de avaliar interação da instituição com seus públicos, pesquisa auxilia em caminhos para melhorias desses processos

  • Por IFTM Reitoria
  • Publicado em 02/06/2021 às 11:00
  • Última modificação 02/06/2021 às 14:17
Pesquisa coletou opiniões de 889 participantes entre servidores e estudantes de todas as unidades do IFTM
Pesquisa coletou opiniões de 889 participantes entre servidores e estudantes de todas as unidades do IFTM
Crédito: Divulgação

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Triângulo Mineiro (IFTM), por meio da Diretoria de Comunicação Social e Eventos (DCSE) e das Comissões de Comunicação Social dos campi, realizou, ao longo do mês de abril de 2021, Pesquisa de Diagnóstico da Comunicação da instituição com objetivo de avaliar a interação entre o IFTM e alguns de seus públicos internos – estudantes e servidores.

O levantamento oportunizou também importante leitura de como a comunicação é percebida em âmbito interno e quais os desafios a serem enfrentados de forma a possibilitar melhorias contínuas nos diversos processos comunicacionais da instituição.

Jacson Ferreira, diretor da DCSE, relatou que, apesar de uma expectativa de maior envolvimento da comunidade acadêmica com a pesquisa, a participação de 889 respondentes, sendo 650 estudantes e 239 servidores, foi muito significativa. Destacou que os resultados mostraram a importância dos canais e das redes de comunicação para os diversos públicos internos do IFTM.

Alguns aspectos foram de relevância para se depreender, por exemplo, o sentimento de pertencimento e de orgulho por ter vínculo, como estudante ou servidor, o qual obteve um percentual de 77,8% em ambas as categorias respondentes. Os dados da pesquisa são muito significativos para o IFTM poder identificar as motivações, avaliar o ambiente tanto de trabalho como de estudo, promover o bem-estar de seus públicos e incentivar o engajamento individual com vistas à coletividade.

Sobre a abordagem se o IFTM proporciona momentos de diálogo com suas lideranças (pró-reitores, diretores de áreas, etc.), obteve-se um percentual significativo de 64,9% dos servidores e 62% dos estudantes que caracterizaram como ótimo/muito bom e 33,84% dos servidores e 38% dos estudantes que indicaram a necessidade de se aprimorar esta aproximação entre lideranças/gestões e comunidade acadêmica.

Cerca de 81% dos estudantes e 64% dos servidores informaram que os canais de comunicação interna do IFTM são classificados adequados; contudo, 19% e 36%, respectivamente de estudantes e de servidores, fazem ressalvas a esses canais. A importância dada aos canais de comunicação revela o compromisso da instituição em buscar a excelência nesse aspecto, dado que eles incitarão comportamentos participativos e cooperativos no âmbito do IFTM. Para que isso ocorra de forma a atender as expectativas, a gestão desses canais tem se dedicado à estruturação de estratégias em busca de resultados positivos.

Sobre a importância atribuída aos canais de comunicação do IFTM, o e-mail institucional aparece em 1º lugar tanto para estudantes quanto para servidores, sendo considerado como muito importante. A última pergunta da Pesquisa de Diagnóstico da Comunicação do IFTM abordou sobre de que forma a instituição trabalha a comunicação em cada um dos canais institucionais. Quase 70% dos estudantes opinaram que a comunicação feita via e-mail institucional é ótima, seguido pelo site institucional, com 62,92%.

Entre servidores, destaca-se que nenhuma comunicação nos canais institucionais se despontou como ótima, diferentemente do que ocorreu no caso de alunos. As maiores porcentagens aqui foram atribuídas à opção bom. O site, por exemplo, foi avaliado como bom para 116 (48,53%) respondentes e para 91(38,07%) como ótimo.

É de conhecimento geral que, quando se pode opinar e participar de assuntos que dizem respeito ao desenvolvimento institucional, as pessoas diretamente ligadas à execução de projetos ou as que executam cotidianamente as atividades são as indicadas para opinar sobre viabilidades e dar feedback dos resultados. Logo, uma boa comunicação, com informações com o mínimo possível de ruídos, produz interação e confiança entre as partes, em um ambiente em que conversas paralelas, por exemplo, reforçam o discurso institucional de forma a tornar quase inviáveis interpretações equivocadas.

“Estamos apresentado um relatório parcial a partir das informações coletadas nas questões de múltipla escolha sobre a confiabilidade dos canais, sobre as informações divulgadas e aquelas de maior interesse para estudantes e servidores, entre inúmeras outras. Brevemente, após análise minuciosa por campus, tais informações e as questões dissertativas servirão de base para a produção do Planejamento Estratégico de Comunicação do IFTM”, esclareceu Jacson.

Acesse o relatório parcial da Pesquisa de Diagnóstico da Comunicação do IFTM na íntegra na página da Comunicação Social, no item "Relatórios".



Assunto(s):
Fim do conteúdo da página