Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > IFTM Campus Uberlândia Centro > Últimas Notícias > Estudante do IFTM Campus Uberlândia Centro conquista título estadual de xadrez dos Jogos Escolares de MG e vai em busca de conquistas nacionais
Início do conteúdo da página
Notícias

Estudante do IFTM Campus Uberlândia Centro conquista título estadual de xadrez dos Jogos Escolares de MG e vai em busca de conquistas nacionais

Classificado para etapa nacional também no e-JIf, Rodrigo Borges Filho vai enfrentar os melhores do país

  • Por IFTM Campus Uberlândia Centro
  • Publicado em 09/09/2021 às 00:00
  • Última modificação 10/09/2021 às 14:34
Campeão dos e-JEMG e da etapa institucional dos e-JIF, Rodrigo vai em busca de tíutlos nacionais
Campeão dos e-JEMG e da etapa institucional dos e-JIF, Rodrigo vai em busca de tíutlos nacionais
Crédito: Divulgação

O estudante Rodrigo Machado Borges Filho, do 2º ano do curso de Comércio Integrado ao Ensino Médio, do Campus Uberlândia Centro, do Instituto Federal do Triângulo Mineiro (IFTM), mostrou mais uma vez que é bom de estratégia. Neste início de mês de setembro, ele participou dos Jogos Escolares de Minas Gerais, que este ano foram disputados na modalidade remota (e-Jemg), e conseguiu se sagrar campeão escolar estadual com uma participação invicta: oito jogos, sete vitórias e um empate.

O título foi especial para o campus, pois marcou a primeira participação da unidade nos Jogos, e também para Rodrigo, que já havia participado do xadrez pelos Jemg em anos anteriores, antes de se tornar estudante do IFTM e ainda não tinha conquistado uma medalha de ouro na modalidade nessa competição.

“Fui campeão dos Jogos pela primeira vez e por coincidência foi a primeira participação do campus na competição. Fico mais feliz ainda porque eu já tinha batido na trave em 2017, quando eu precisava ganhar a última partida, mas perdi e fiquei em quinto. Em 2019, também bati na trave com o bronze, mas desta vez consegui uma campanha melhor ainda e consegui ser campeão invicto”, afirma o estudante, que também conseguiu uma revanche contra um antigo rival nos Jogos. “Eu enfrentei o mesmo adversário que ganhou de mim em 2017, mas desta vez consegui ganhar e fiquei muito feliz”, complementa.

Representante em competições nacionais

Em junho, Rodrigo também havia conseguido o título da etapa institucional dos Jogos Eletrônicos dos Institutos Federais (e-JIFs). Realizados entre os dias 21 e 25 de junho, a etapa institucional contou com a modalidade Xadrez Arena e Rodrigo foi o grande destaque, com 43 vitórias e um empate. Na semana que vem, entre os dias 13 e 17 de setembro, o estudante disputa a etapa nacional, contra os melhores classificados em cada estado, e a expectativa é grande.

“Quero fazer uma boa campanha nos e-JIFs e representar bem o IFTM no nacional. Vai ser mais difícil, porque vai ter gente de muitos lugares do Brasil, de diversos estados, e só os melhores se classificaram. Minha expectativa está alta, mas espero ficar entre os melhores”, afirma o jovem enxadrista.

Apesar de ter apenas 16 anos, Rodrigo já é bastante experiente em xadrez. O estudante conta que pratica a modalidade desde os sete anos de idade e já tem no currículo cinco títulos de campeão brasileiro de xadrez. O tabuleiro, aliás, já o levou longe. O jovem já viajou para outros países da América Latina, como Bolívia e Uruguai, por conta de torneios e, aos oito anos, conseguiu ser vice-campeão pan-americano, jogando à época pelo Praia Clube. Atualmente, Rodrigo não continua a disputar os campeonatos brasileiros por falta de tempo para preparação, mas segue representando o IFTM nos torneios escolares e quer buscar resultados ainda melhores.

Projeto de Ensino de Xadrez

Rodrigo chegou ao IFTM Campus Uberlândia Centro com experiências no xadrez, mas busca-se também formar novos entusiastas do jogo de tabuleiro na unidade. O campus conta com o projeto de Ensino Clube de Xadrez Jogada Certa, coordenado pelo professor Elder da Silveira Latosinski e apoiado pelos professores André Luiz Zanella, Arinaldo de Oliveira e Karina Estela Costa. O objetivo do projeto é ensinar os fundamentos do xadrez para vários alunos e, segundo Elder, com os bons resultados de Rodrigo e investimentos feitos no campus, a tendência é que o xadrez ganhe novos adeptos.

“O projeto vai ter prosseguimento e os resultados do Rodrigo servem de estímulo para os estudantes do campus e aqueles que vierem a entrar no campus no ano que vem. Quando for possível ter um retorno presencial, a prática de esporte vai com certeza ganhar uma notoriedade um pouco maior, principalmente em relação aos investimentos da gestão do campus com essas mesas que possuem tabuleiros e outros tabuleiros avulsos que foram comprados no projeto. Estando presencialmente no campus, aproveitando os horários de descanso, a prática vai ser ampliada”, afirma.

No Campus Udicentro, estão sendo instaladas nas áreas de descanso mesas de concreto que possuem um tabuleiro para a prática de xadrez. Com mais espaços para a prática disponíveis, a tendência é que no futuro o jogo ganhe mais adeptos.



Assunto(s):
Fim do conteúdo da página