Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > Últimas Notícias > IFTM tem projeto aprovado em edital do MAPA
Início do conteúdo da página
Notícias

IFTM tem projeto aprovado em edital do MAPA

IFTM é o único dos Institutos Federais de Minas Gerais aprovado no Programa de Residência Profissional Agrícola

  • Por IFTM Reitoria
  • Publicado em 15/10/2020 às 15:00
  • Última modificação 16/10/2020 às 11:46
AgroResidência - Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento
AgroResidência - Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento
Crédito: Divulgação

No último dia 5 de outubro, o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Triângulo Mineiro (IFTM) teve projeto aprovado no 1º Edital de Chamamento Público do AgroResidência – Programa de Residência Profissional Agrícola – da Secretaria de Agricultura Familiar e Cooperativismo (SAF) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA).

Denominado “Residência Profissional Agrícola no IFTM”, o projeto, de autoria da professora Adriana Garcia de Freitas, do IFTM Campus Uberlândia, foi uma das 8 propostas apresentadas pela região Sudeste, sendo que a instituição foi a única dentre os Institutos Federais de Minas Gerais a ter projeto aprovado e, juntamente com o IFSP, os únicos Institutos Federais da região sudeste contemplados na referida seleção.

Das 454 propostas, foram selecionados 75 projetos, que receberão financiamento para desenvolverem atividades voltadas à qualificação técnica de estudantes e recém-egressos, entre 15 e 29 anos de idade, dos cursos de Ciências Agrárias e afins. Além da qualificação, o AgroResidência custeará bolsas nos valores de R$ 900,00 e R$ 1.200,00, respectivamente para nível médio e superior.

As propostas aprovadas têm projetos voltados para gestão de empreendimentos associativos/cooperativos vinculados à agricultura familiar, nutrição animal, cadeia produtiva de leite, uso de tecnologias para a pecuária de corte, otimização de sistemas de produção de milho e forragens, difusão de tecnologias no cultivo orgânico de hortaliças, fruticultura irrigada, práticas agronômicas de manejo e conservação do solo.

Segundo Adriana, aproximar o universo acadêmico das unidades produtivas, por meio do intercâmbio de conhecimento e de tecnologias, é uma forma de ajudar os estudantes a contribuírem para o crescimento do agronegócio, além de buscar a união entre teoria e prática. “Assim, nossos alunos estarão aptos a orientar e propiciar aos agricultores assistência na produção e na comercialização, visando à melhoria da qualidade dos produtos, à redução de custos e à maximização de lucros na Agricultura, Pecuária e Abastecimento”.

Garcia ressalta ainda que a formação de profissionais qualificados necessita de parcerias com a sociedade civil bem como com outras instituições, sobretudo as do setor produtivo, no sentido de potencializar e aperfeiçoar o conhecimento adquirido pelo aluno egresso. “Parcerias estas que permitirão também a formação de profissionais que estejam em sintonia com as reais demandas do mercado, aproximando instituição de ensino com empresas”, finaliza.

O IFTM parabeniza e agradece mais essa conquista para a instituição a todos os envolvidos: Adriana Garcia de Freitas, Ana Carolina Portella Silveira, Júlio Cesar Delvaux, Luis Augusto da Silva Domingues, Luziane Moreira dos Santos, Roberta Daiane Ribeiro, Rodrigo Afonso Leitão, Rodrigo Otavio Decaria de Salles Rossi e Simone Aparecida da Silva, além dos quatro diretores-gerais envolvidos: Antônio Maximiano Neto, Heliomar Baleeiro de Melo Júnior, Luis Fernando Santana e Rodrigo Grassi.

Para o Pró-Reitor de Extensão e Cultura, Prof. Ruy de Aguiar, a aprovação no AgroResidência  foi um trabalho construído no âmbito da coletividade, que permitirá desenvolver diversas aprendizagens com características multidisciplinar, social e humana.

Sobre o AgroResidência

O Programa de Residência Profissional Agrícola – AgroResidência – foi instituído pela Portaria nº 193/2020 com o objetivo de apoiar a formação de profissionais com competências necessárias para plena atuação nas áreas de Ciências Agrárias e áreas correlatas, por meio de treinamento prático, supervisionado e orientado. Além de qualificar profissionais, o programa busca desenvolver nos estudantes o senso de responsabilidade ética, por meio do exercício de atividades profissionais, direcionando-os para uma vida cidadã e para o trabalho.

O 1º Edital de Chamamento Público do AgroResidência, aberto para recebimento de propostas entre os dias 29 de junho e 17 de agosto, recebeu um total de 454 propostas de projetos, enviadas por 90 Instituições de Ensino de 25 estados e do Distrito Federal.

Mais informações no site do MAPA.



Assunto(s):
Fim do conteúdo da página